sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Impressora 3D é instalada na Estação Espacial

Aparelhos poderão revolucionar pesquisa no espaço e dar mais auto-suficiência aos astronautas



(Galileu) Pela primeira vez na história, uma impressora 3D foi instalada no espaço. Com o tamanho de um microondas, o aparelho nomeado de Portal entrou em órbita e já está na Estação Espacial Internacional (ISS). Para especialistas, esse é um passo importante em direção à nova era da produção fora do planeta.

O hardware servirá de teste para saber como as impressoras 3D evoluem na microgravidade espacial. Segundo o site da Nasa, a essência desse teste “pode criar uma ‘loja de ferramentas’ dentro do espaço”. Levando de 15 minutos à uma hora, a tecnologia imprimirá objetos da Microgravity Science Glovebox.

De acordo com a Made In Space – empresa responsável pelo projeto –, a produção no espaço, ao contrário do lançamento de ferramentas da Terra, irá acelerar e ampliar o desenvolvimento das pesquisas fora da Terra. “Nós queremos abrir as portas para o futuro da humanidade no espaço. A tecnologia criada por nossa equipe tem o foco de auxiliar esse ambiente”, diz o objetivo da empresa.

Para conseguir desenvolver o aparelho, a Nasa e a Made In Space realizaram mais de 30 mil horas de impressão 3D. “Tem sido uma parceria e tanto ao longo desse tempo”, conta LaNetra Tate, engenheira de produção da agência espacial.

A equipe de pesquisadores deixou, no mínimo, 20 ferramentas pré-carregadas na impressora. Além disso, outras ideias de designs serão enviadas à estação para que possam ser produzidas durante os próximos meses.

Para Tate, essa alternativa pode resolver problemas como “ferramentas quebradas” com muito mais rapidez e efetividade. Ela também acredita que as impressoras 3D serão responsáveis por uma nova revolução na pesquisa espacial: “As antigas opções não eram capazes de solucionar dificuldades com essa velocidade. Eu acredito que o nosso principal objetivo, a meta da profunda exploração do espaço, é tentar antecipar necessidades”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário